FLAMENGO

22/08/2013

Com Pelaipe contestado, Fla se reúne com Leonardo, e diz que é troca de experiências

Sonho de consumo da nova diretoria para o comando do departamento de futebol do Flamengo no processo eleitoral da Chapa Azul, Leonardo, ex-jogador do Flamengo e executivo do futebol, recentemente desligado do Paris Saint Germain, esteve reunido com o presidente Eduardo Bandeira de Mello, o vice de futebol Wallim Vasconcellos e o vice de marketing Luis Eduardo Bapstista no apartamento de Wallim, no Leblon.


Com Pelaipe contestado, Fla se reúne com Leonardo, e diz que é troca de experiências

 Oficialmente, a diretoria alega que a reunião foi para obter informações sobre o mercado europeu, tendências e aproveitar para troca de experiências.

Embora o diretor executivo de futebol, Paulo Pelaipe, viva sob desconfiança, a diretoria sustenta que Leonardo voltará para a Europa agora e não assumirá cargo no futebol rubro-negro. Assim, Leonardo se aproxima mais ainda do Conselho Gestor do Flamengo, papel que Zico desempenhava antes de acertar seu contrato com o Al Gharafa.

 Fonte: Jornal Extra
Leia mais...

Flamengo põe R$ 87 milhões para pagar dívida em 2014

 Flamengo promete separar R$ 87 milhões em 2014 apenas para pagar dívidas. No ano que vem, vencerão cerca de R$ 100 milhões entre parcelas e juros de dívidas. Os valores estão no orçamento aprovado na terça-feira pelo Conselho de Administração. Apesar do corte, os gastos com pessoal vão subir quase R$ 20 milhões, mesmo com a dispensa de 110 funcionários em em 2013.
Flamengo põe R$ 87 milhões para pagar dívida em 2014
Fantasma velho
O Flamengo sofreu uma penhora judicial de R$ 700 mil, realizada pela Receita Federal. O clube recorreu, dizendo que ela desrespeita o acordo que levou à aprovação das CNDs e argumenta que não pode ser surpreendido por uma cobrança fora do acordo geral.
Fonte: De Prima
Leia mais...

Primeiro gol pode finalmente alavancar venda de camisas de Carlos Eduardo

O primeiro gol de Carlos Eduardo com a camisa do Flamengo não foi suficiente para dar ao Rubro-Negro a vitória contra o Cruzeiro, porém o tento serviu como um alento para que o meia inicie a recuperação do carinho do torcedor. Pelo fato de o meia ainda não ter caído na graça dos torcedores, as saídas da camisa 20 atualmente estão muito atrás das vendas das numerações usadas por Elias, Marcelo Moreno, além do místico 10 de Zico, atualmente usado por Gabriel.
- As camisas na loja geralmente chegam sem nome e número e os torcedores geralmente colocam na hora. A numeração que o pessoal coloca mais é o 10, por conta do Zico, mas também sai a 8, do Elias e a 19 do Moreno. O número 20, usado por Carlos Eduardo pouco sai, mas agora vamos ver, pois fez o primeiro gol pelo Flamengo, aí quem sabe a torcida começa a lembrar dele – comentou um vendedor da loja do clube na Gávea, procurado pela reportagem do LANCE!Net.
Primeiro gol pode finalmente alavancar venda de camisas de Carlos Eduardo
Um exemplo de que um gol pode alavancar a imagem do jogador foi dado por Chicão, logo na estreia dele pelo Flamengo. Com uma cobrança de falta perfeita diante do Goiás, o zagueiro logo colocou a camisa 3 entre as mais vendidas. Quem sabe, não chegou a vez de Carlos Eduardo brilhar?
- Quando chega um jogador de peso ou alguém faz um gol em uma partida importante, o número de vendas com o número do atleta cresce de forma considerável – finalizou.
Carlos Eduardo chegou ao Flamengo para ser o camisa 10 – no início do ano – por empréstimo de 18 meses, com o maior salário do elenco – R$ 545 mil por mês. Desde então, o meia disputou apenas 20 partidas, sendo 12 como titular. Já o camisa 8, Elias, que chegou na mesma época, entrou em campo em 35 oportunidades e marcou seis vezes.
Fonte: Lancepress!

Leia mais...

Del Piero confirma interesse recente do Flamengo e diz que jogar no Brasil seria ‘fantástico’

Pretendido pelo Flamengo em junho do ano passado, quando seu contrato com a Juventus acabou, Alessandro Del Piero optou por atuar na Austrália pelo Sydney FC. No entanto, uma transferência ao Brasil ainda não é descartada antes da aposentadoria do atacante de 38 anos.

Ao ser perguntado sobre o interesse do Flamengo, Del Piero confirmou. “O meu contrato vence em abril, vamos ver se eu volto a interessar ao mercado. Vocês estão muito bem informados sobre o meu passado recente. O Brasil é um lugar fantástico para jogar futebol. Mas eu fiz uma escolha por motivos específicos”, disse em entrevista à Sky Itália.
Del Piero confirma interesse recente do Flamengo e diz que jogar no Brasil seria ‘fantástico’

No entanto, o italiano ressaltou, depois, que o Brasil não seria sua única opção. “Também no Japão e nos Estados Unidos as coisas vão bem e as pessoas vivem pelo futebol. Jogarei até quando tiver convicção que posso agregar. Tudo pode acontecer. Veremos”, declarou.
Del Piero na Copa?
O ídolo da Juventus ainda comentou sobre a declaração do técnico da seleção italiana, Cesare Prandelli, que colocou ele na briga por uma vaga na Copa do Mundo de 2014. O atacante se mostrou surpreso e também animado com a fala do comandante.
“Eu no Brasil como um jogador da equipe? Honestamente, eu nunca pensei sobre isso, mas quem sabe … Estou orgulhoso das palavras do treinador Prandelli, que fez uma declaração importante sobre mim e me motiva a dar o máximo”, afirmou.
Fonte: ESPN Brasil
Leia mais...

Cruzeiro bate Flamengo e fica em vantagem na Copa do Brasil

Com direito a um golaço de Éverton Ribeiro, o Cruzeiro venceu o Flamengo por 2 a 1 na noite desta quarta-feira, no Mineirão e precisa apenas de um empate no Maracanã para garantir a vaga nas quartas de final da Copa do Brasil. Willian abriu o placar para o time mineiro e Carlos Eduardo diminuiu para o rubro-negro. Este foi o primeiro gol do camisa 20 com a camisa do Flamengo.
Os comandados de Mano Menezes, para passaram de fase, precisam de uma vitória por 1 a 0. O próximo confronto acontece na quarta-feira, no Maracanã.
Cruzeiro bate Flamengo e fica em vantagem na Copa do Brasil

O JOGO
Enquanto o Cruzeiro entrou em campo com a base da equipe que vinha atuando, o técnico Mano Menezes realizou mudanças e o Flamengo iniciou o jogo praticamente desfigurado, com o zagueiro Samir na lateral esquerda e Fernando no meio de campo. Talvez, a intenção do treinador rubro-negro era povoar o meio e até mesmo liberar André Santos ir ao ataque. Não se pode afirmar isso, mas se essa era a intenção, definitivamente não deu certo.
O primeiro tempo foi todo do Cruzeiro. Com uma equipe mais organizada em campo, o time mineiro atacante de todas as formas e pelos dois lados. Enquanto isso, o Flamengo demonstrava falta de criatividade e quase não deu trabalho ao goleiro Fábio. Prova disso é que o atacante Marcelo Moreno estava quase no meio de campo para buscar jogo.
E foi em uma jogada individual do camisa 19 que o Flamengo quase abriu o placar, quando dominou no meio, passou por dois marcadores e chutou da intermediária, carimbando a trave. Pronto, rubro-negro! A etapa inicial foi resumida neste lance. Por outro lado, o Cruzeiro cansou de perder gols. Felipe salvou em chute de Borges, Willian reclamou de pênalti de González (em lance duvidoso), mas uma hora não teve jeito. Após cruzamento de Ceará, a bola desviou na área, Felipe conseguiu fazer a defesa, mas não evitou o rebote, devidamente aproveitado por Willian.
Os times voltaram sem alterações para o segundo tempo. Nos primeiros minutos, houve um indício de que Mano teria ajeitado a equipe no intervalo e o Flamengo apresentou uma melhora. Mas não passou de um indício. Em pouco tempo o Cruzeiro voltou a tomar conta da partida.
Depois de chance desperdiçada por Borges e bola na trave de Bruno Rodrigo, um golaço! Um golaço de fazer valer o ingresso! Em contra-ataque, Ricardo Goulart passa para Éverton Ribeiro, que dá um balão em Luiz Antonio na área e bate de primeira para estufar a rede e ampliar a vantagem, aos 11 minutos.
A torcida do Cruzeiro voltou a ficar animada quando o técnico Marcelo Oliveira chamou o meia Júlio Baptista, que, recém-contrato, fez a sua estreia pelo time mineiro.
Em uma tentativa de mudar o final que se desenhava, Mano colocou Carlos Eduardo. E justamente o camisa 20 foi quem deu alegria aos rubro-negros. Aos 23, Dedé falhou, a bola bateu em Moreno e pegou na trave. Na volta, Carlos Eduardo bateu e fez seu primeiro gol com a camisa rubro-negra, mais de seis meses depois de sua estreia, em 17 de fevereiro, no clássico com o Botafogo.
Após o gol, o Flamengo conseguiu melhorar e, até certo ponto, pressionar o Cruzeiro atrás do empate, mas sem sucesso.
As equipe voltam a ficar frente à frente, na próxima quarta-feira, no Maracanã. Pelo Brasileiro, entram em campo novamente neste fim de semana. O Flamengo encara o Grêmio no sábado, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília. Já o Cruzeiro, terá pela frente a Ponte Preta, também no sábado, no Moises Lucarelli.
FICHA TÉCNICA
CRUZEIRO 2 X 1 FLAMENGO
Local: Mineirão, Belo Horizonte (MG)
Data-Hora: 21/8/2013 – 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Marcelo Aparecido R. de Souza (SP)
Auxiliares: Bruno Boschilia (PR) e Anderson José de Moraes Coelho (SP)
Púlbico/Renda: 33.645 pagantes / R$ 1.660.580,00
Cartões amarelos: Cáceres, Elias (FLA)
Cartões vermelhos: -
Gols: Willian, 27′/1ºT (1-0); Éverton Ribeiro, 11′/2ºT (2-0); Carlos Eduardo, 23′/2ºT (2-1)
CRUZEIRO: Fábio; Ceará, Léo, Dedé e Egídio; Nilton, Souza, Éverton Ribeiro e Ricardo Goulart (Luan – 34′/2ºT); Willian (Júlio Baptista – 21′/2ºT) e Borges (Vinícia Araújo – 34′/2ºT). Técnico: Marcelo Oliveira
FLAMENGO: Felipe; Luiz Antonio, Chicão, González e Samir (Paulinho – 35′/2ºT); Cáceres, Elias, André Santos e Gabriel (Carlos Eduardo – 18′/2ºT); Fernando (João Paulo – 24′/2ºT) e Marcelo Moreno. Técnico: Mano Menezes.
Fonte: Lancepress!
Leia mais...

Flamengo lidera em público e renda no Brasileirão

Após 15 rodadas do Campeonato Brasileiro, o Flamengo é o líder de público e renda. Mais de 450 mil pessoas já foram aos estádios em jogos do Mais Querido e o público médio é de 31.160 por partida. No total, os confrontos envolvendo o Rubro-Negro geraram uma renda bruta que já supera a marca de R$ 27 milhões, mais que o dobro do segundo colocado, o Corinthians.
Flamengo lidera em público e renda no Brasileirão
O Rubro-Negro também aparece na frente do clube paulista no ranking de público médio. Nesse quesito, o número do clube é 34,85% maior que o Corinthians, e supera em 71,24% o Coritiba, terceiro colocado. Em renda bruta, além de o total gerado ser duas vezes maior que o do Corinthians, a soma dos números do clube paulista e do Botafogo, terceiro no ranking, não alcança a marca já atingida pelo Rubro-Negro.
Os dados do Mais Querido se tornam ainda mais impressionantes quando comparados aos do campeonato inteiro do ano passado. A renda bruta total gerada até o momento já é o dobro da alcançada após as 38 rodadas da última edição da competição. É a Nação Rubro-Negra mostrando a sua força mais uma vez!
Veja abaixo a comparação de público e renda do Flamengo no Campeonato Brasileiro de 2012, como visitante e mandante (38 jogos), com os dados de 2013 (apenas 15 jogos):
2013/ 2012
Público total: 467.399/ 637.364
Renda Total: R$27.658.504/ R$13.813.395
Público médio: 31.160/ 16.773
Renda média: R$1.843.900,27/ R$363.510
Fonte: Site Oficial do Flamengo
Leia mais...

19/08/2013

Flamengo e São Paulo empatam sem gols em Brasília

Flamengo e São Paulo se enfrentaram na tarde deste domingo, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro, mas apenas empataram em 0 a 0. Jadson teve nos minutos finais a oportunidade de garantir a vitória ao Tricolor paulista e quebrar o jejum de 12 jogos sem vencer do time noBrasileirão, mas desperdiçou a penalidade.
O Flamengo volta a campo na quarta-feira, às 21h50, contra o Cruzeiro, no Mineirão, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. Já o São Paulo entra em campo apenas no próximo domingo, diante do Fluminense, às 16h, no Morumbi, pelo Campeonato Brasileiro.
Flamengo e São Paulo empatam sem gols em Brasília

O JOGO
O primeiro tempo da partida em Brasília foi configurado pela movimentação intensa dos jogadores de Flamengo e São Paulo, apesar das poucas chances de gol criadas nos 45 minutos iniciais. E levando em consideração o estado do gramado do Estádio Mané Garrincha, o saldo antes do intervalo foi positivo.
Logo aos seis minutos, um lance curioso aconteceu no Mané Garrincha. Aloísio foi lançado pela direita e a bola saiu pela linha de fundo. Mesmo assim, o atacante do São Paulo cruzou e o goleiro Felipe acabou espalmando para dentro do gol. Se a arbitragem não tivesse marcado a saída de bola, o São Paulo estaria à frente do placar por um erro do camisa 1 do Flamengo.
Aos 13 e 14 minutos, São Paulo e Flamengo criaram perigo, respectivamente. Primeiro foi com o Tricolor paulista, com Ganso dando um ótimo passe para Osvaldo, mas o atacante acabou furando na hora da finalização. No lance seguinte, à favor do Rubro-Negro, Elias achou André Santos pela esquerda, o lateral cruzou rasteiro e Nixon quase chegou à tempo para estufar as redes.
Dois minutos após, o Flamengo chegou novamente com perigo ao gol defendido por Rogério Ceni, em excelente cabeçada de Nixon que exigiu grande defesa do goleiro do São Paulo. O Tricolor paulista não ficou para trás e, aos 31, por pouco não inaugurou o marcador. Aloísio finalizou e marcou o gol para o São Paulo, mas a arbitragem viu que o jogador do Tricolor colocou a mão na bola e invalidou o tento paulista. Vale lembrar que diante da Portuguesa, Aloísio também prejudicou o São Paulo ao fazer um gol com a mão e a arbitragem também assinalar a irregularidade.
Na volta para o segundo tempo, a movimentação intensa vista na etapa inicial teve seu ritmo diminuído drasticamente. A primeira chance de gol aconteceu apenas aos 24 minutos, à favor do São Paulo. Ademílson recebeu pelo lado direito, invadiu a grande área e o goleiro Felipe defendeu com os pés. Três minutos após, o Tricolor paulista chegou novamente com perigo. Wellington deu uma caneta em Luiz Antonio mas, na hora de finalizar, chutou fraco.
Uma das melhores chances da partida aconteceu aos 34 minutos da etapa final. Ademílson driblou Chicão e ficou cara a cara com o goleiro Felipe, mas finalizou sem direção para o gol, desperdiçando uma grande oportunidade de quebrar o jejum de 12 jogos que o São Paulo está sem vencer.
Perto do fim da partida, aos 41 minutos, o São Paulo teve um pênalti à seu favor, quando Lucas Evangelista foi empurrado por Luiz Antonio dentro da grande área. Aos 43, Jadson assumiu a responsabilidade de quebrar o jejum de jogos sem vencer do São Paulo, mas cobrou mal e o goleiro Felipe acabou defendendo a penalidade no canto esquerdo do gol. Com todas as chances desperdiçadas, a partida acabou terminando como começou: 0 a 0.
FICHA TÉCNICA
FLAMENGO 0 X 0 SÃO PAULO
Local: Mané Garrincha, em Brasília (DF)
Data/Horário: 18/8/2013, às 16h
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo (MG) e Marrubson Melo Freitas (DF)
Renda/Público: R$2.713.905.00/ 44.164 total
Cartões amarelos: Nixon e Luiz Antônio (FLA); Jadson, Aloísio e Douglas (SPO)
Cartões vermelhos: Não houve
GOL: Não houve
FLAMENGO: Felipe, Luiz Antônio, Chicão, González e João Paulo (Marcelon Moreno, aos 22′/2T); Cáceres, Elias, André Santos e Gabriel; Nixon (Paulinho, aos 8′/2T) e Hernane (Adryan, aos 33′/2T). Técnico: Mano Menezes.
SÃO PAULO: Rogério Ceni, Douglas, Rodrigo Caio, Rafael Toloi e Reinaldo; Wellington, Fabrício (Maicon, aos 39′/2T), Jadson e Ganso; Osvaldo (Lucas Evangelista, aos 11′/2T) e Aloísio (Ademilson, aos 22′/2T). Técnico: Paulo Autuori.
Fonte: Lancepress!
Leia mais...

17/08/2013

Flamengo promete prestar contas do semestre e confirma negociação por receita com publicidade

A diretoria do Flamengo confirmou que entregou ao Conselho Fiscal um balancete trimestral com as movimentações financeiras dos primeiros meses de gestão, e informou que pretende tornar público os dados, de forma semelhante ao que fez quando detalhou a dívida total na casa dos R$ 750 milhões.
Internamente a cobrança é grande por parte de conselheiros por explicações especialmente sobre os contratos do Maracanã e do estacionamento, além do uso do Centro de Treinamento como garantia para pagamento de impostos e obtenção de certidões.
Flamengo promete prestar contas do semestre e confirma negociação por receita com publicidade

Através da assessoria de comunicação, direção também disse que, em meio a dificuldades financeiras, deu entrada com pedido no Conselho Deliberativo para aprovação de um contrato com uma seguradora, que pagará ao Flamengo para usar a imagem do clube em um vídeo publicitário. A quantia não foi revelada nem o nome da empresa que fechou acordo.
De volta ao campo, a Juventus da Itália teria feito uma sondagem por Adryan, mas o clube desconhece. 
Leia mais...